Topo 2
\\windows-pd-0001.fs.locaweb.com.br\WNFS-0001\pasqualino\web\\3101\c10j0001\190502\0010p.jpg(False)

Para entender o controle de estoque no Bloco K e Bloco H, vale relembrar o sistema de declarações que o governo federal e estados instituíram desde 2010,  chamado de SPED (Sistema Público de Escrituração Digital). Esse sistema é dividido em partes, sendo a mais famosa o E-Social, que trata da folha de pagamento, tanto para empresas quanto para empregados domésticos. O EFD PIS/COFINS é o SPED, que trata de impostos diretos federais como o PIS e o COFINS, é dividido em blocos. Dois deles são os blocos H e K.

Bloco H

Se você é uma empresa comercial ou industrial, você tem estoque, e o bloco H é onde ficam armazenadas essas informações, ou seja, sua empresa começa o mês com um saldo em estoque, faz as suas compras de mercadorias para revenda e as vende durante o mês, o saldo do último dia deve ser informado no EFD PIS/COFINS em seu bloco H, produto a produto. Portanto, percebe-se que o fisco terá sua relação de estoque mês a mês de maneira eletrônica, o controle do mesmo deve ser rigoroso, pois eventuais erros podem render possíveis autuações. 

Bloco K 

Este se aplica as indústrias e importadoras, e nele vão contidas as informações de controle de produção, dentre eles: as fichas técnicas de produto, ordens de produção, controle de matéria prima, produtos intermediários, em produção, semiacabados e produtos acabados. 

Veja que o controle de estoque é mais abrangente. As importadoras apenas replicam o que consta no H para os controles de estoque do K. 

Todos estes controles devem fazer parte do dia a dia das empresas, inclusive são obrigados fiscalmente a cumpri-los, através de livros manuais. A diferença é que hoje, a informação deve ser enviada mensalmente, via sistema, quando na regra antiga era apenas a pedido do agente fiscalizador.  

As informações são completas e irão ser cruzadas com outras, neste sentido, para economizar tempo e fazer de maneira a não correr riscos com o fisco, vale usar da tecnologia, e hoje, temos bons exemplares de sistemas que cumprem este papel com custo bem acessível. 

Não é trabalho do contador!
Por mais que o escritório tenha conhecimento de como fazer, as informações ficam na empresa, principalmente o controle de estoque, e devem ser processadas diariamente. Por isso a importancia de ter auxílio de um sistema, integrado ao restante do SPED. 

Imgtxt:
 
 
Atendimento: (11) 4596-9200
Av Fernão Dias Paes Leme 1300, Jd Primavera, Várzea Paulista/SP